sábado, 8 de julho de 2017

14 civis mortos por militares nigerinos por engano

Cartoze civis foram mortos quarta-feira, 5, por militares nigerianos por engano numa aldeia situada à fronteira entre o Níger e a Nigéria, perto do Lago Tchad, uma zona sensível onde opera a seita extremista Boko Haram, soube-se quinta-feira de fonte de segurança.

Segundo estas fontes, as vítimas seriam hortelões que foram tomados por membros da seita Boko Haram pelas forças de defesa e segurança.

Entre as vítimas figuram 12 cidadãos nigerianos e dois nigerinos, que vinham todos semear pimento nas margens do rio Komadougou que serve de fronteira entre o Níger e a Nigéria na zona, e foram tomados por alvo por uma patrulha da Gendarmaria local.

Domingo passado, na mesma zona, precisamente na localidade de Ngalewa, nove pessoas foram mortas e 37 sequestradas por elementos da seita Boko Haram.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2uBj9wF

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário