quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Liga dos Campeões Europeus: RB Leipzig vence FC Porto

O FC Porto perdeu nesta terça-feira em Leipzig, por 3 a 2, num jogo em que o resultado ainda assim foi melhor do que a exibição. Foi a segunda derrota em três jogos, num grupo que o Besiktas vai dominando (três vitórias) enquanto os dragões jogarão o seu futuro na próxima jornada, quando receberem precisamente este RB Leipzig.

Os ataques foram melhores do que as defesas, o que explica o resultado gordo feito na primeira parte, permitindo a primeira vitória na Champions aos homens do Leste da Alemanha.

José Sá foi a grande surpresa - Casillas ficou no banco por opção de Sérgio Conceição - e esteve logo ligado ao primeiro golo, bem cedo, da equipa alemã, largando para a frente um remate de Bruma - depois ainda desviou o remate de Augustin mas já não tinha nada a fazer perante o central Orban. Um golo na sequência de um dos sete cantos a favor do RB Leipzig na primeira parte (contra um). Em remates foi 10-3 até ao intervalo, a posse de bola 66%-34%, as faltas 2-7, aqui sim o FC Porto a fazer mais.

Muito insegura a equipa de Sérgio Conceição, desde o primeiro minuto. Por causa do guarda-redes diferente? Não necessariamente. Mas, no dia em que quase tudo corria mal, ter na baliza Casillas era provavelmente mais reconfortante.

A jogar muito mal, o FC Porto empatou antes dos 20 minutos num golo igual (ou muito parecido) àquele que marcou no Mónaco: lançamento de linha lateral de Layún para Marcano, que sai da linha final e ganha de cabeça, Felipe de cabeça ainda deu para trás e em rotação Aboubakar marcou de pé esquerdo. Um sinal de que as bolas paradas até saem, mas não que a equipa estava melhor, porque logo a seguir permitiu duas oportunidades aos alemães que, em 4X3X3, tinham capacidade para dominar o jogo e levar a bola confortavelmente para a frente.

Em três minutos, o resultado passou para 3-1, por Forsberg e Augustin, ambos isolados, o segundo num ressalto em Marcano. Faltavam quatro minutos para o intervalo, mas Marcano redimiu-se com o golo no único canto que a equipa teve na primeira parte.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2imRoqg