quarta-feira, 5 de julho de 2017

Jovem mata irmão numa disputa de dinheiro em Manica

A Polícia da República de Moçambique (PRM), em Manica, encarcerou um jovem de 27 ano de idade, alegadamente por ter tirado a vida do seu irmão numa controvérsia por causa de 1.500 meticais resultantes da venda de frutas.

Trata-se Daniel Francisco, que matou, com as suas próprias mãos, o seu irmão que respondia pelo nome de Baptista Francisco, de 40 anos de idade, segundo as autoridades policiais.

O caso deu-se na localidade de Nhenguene, no distrito de Macate. Conta-se que o malogrado recusou entregar ao seu irmão 1.500 meticais referentes à comissão de venda de laranjas.

Em sua defesa, Daniel Francisco contou: “matei o meu irmão durante uma briga por causa da comissão de laranjas. Ele disse a um cliente que não podia me entregar o dinheiro. Discutimos, lutámos e, de repente, ele morreu”.

Após o homicídio, o indiciado, que alegou que a morte do seu irmão foi um acidente, colocou-se em fuga, de acordo com Leonardo Colher, do Departamento de Relações Públicas no Comando Provincial da PRM, em Manica.

Porém, volvidos quatro dias, ele foi preso e conduzido às celas da 1a esquadra da PRM, onde até ao fecho desta edição aguardava pelo desfecho de um processo-crime instaurado com vista à legalização da sua privação de liberdade, para posterior julgamento.

A instituição que tem como função garantir a segurança e a ordem públicas e combater infracções à lei alegou que o acusado é um criminoso reincidente.

Ele já esteve detido por prática de diversos crimes, tais como agressão física a cidadãos com recursos a instrumentos contundentes e abuso sexual.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2sOYFi9

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário