domingo, 14 de maio de 2017

Mais de mil litros de combustível contrabandeado apreendidos em Manica

Dois indivíduos encontram-se detidos no Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Manica por alegado contrabando de fardos de roupa usada e combustível para o vizinho Malawi.

Trata-se de 167 fardos de roupa usada e 1.500 litros de diesel e gasolina, acondicionados em 60 bidões. A viatura que transportava as mercadorias também ficou retidas, bem como o respectivo automobilista.

Acredita-se que o combustível terá sido baldeado em camiões que parte do Porto da Beira, em Sofala. Contudo, decorrem diligências com vista a esclarecer o caso, segundo Elsídia Filipe, porta-voz da PRM em Manica.

Na mesma operação, foram igualmente confiscados acessórios de motorizadas e outros diversos bens.

O condutor da viatura na qual a mercadoria era transportada, de nome Eusébio Maguta, assumiu que recebeu os fardos de roupa usada e duas caixas de acessórios de motorizadas, para entregar a determinadas pessoas no Zimbabwe.

Mas ele alegou que não conhece a proveniência dos 60 bidões de combustível que supostamente estavam na sua viatura. De acordo com ele, o combustível foi retirado do armazém da própria Polícia após a sua prisão.

Num outro desenvolvimento, o acusado disse que suspeita que os fardos roupa usada encontrados em sua posse foram roubados em alguns armazéns de vendedores.

Relativamente ao combustível, é a segunda vez que a apreensão acontece em menos de um mês, o que, associado a vários outros casos reportados pela corporação, torna, aparentemente, aquela província apetecível ao contrabando deste produto.

Em meados de Abril passado, sete pessoas foram presas em Manica, indiciadas de compra e venda ilícita de pelo menos 2.400 litros combustível, alegadamente baldeado de um camião-cisterna no posto administrativo de Inchope.

Na altura, Elsídia Filipe, disse que a viatura da qual o produto foi presumivelmente drenado partiu da região de Temane, na província de Inhambane, com destino ao Porto da Beira. O referido combustível era transportado em 12 tambores de 200 litros cada.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2qhCVxs

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário