quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Cerca de 30 pessoas morrem em 38 acidentes de viação nas estradas moçambicanas

Vinte e nove pessoas morreram e outras 85 contraíram ferimentos, 25 das quais em estado grava, em resultado de 38 sinistros rodoviários, ocorridos na semana finda, em diferentes províncias do território moçambicano.

Os atropelamentos continuam sem freios e só no período em alusão [entre 29 de Julho último e 04 de Agosto em curso] foram registados 17 casos, para além de seis choques entre carros, nove despistes e capotamento, cinco colisões entre viaturas e motorizadas e um embate contra obstáculo fixo.

Dos 38 acidentes de viação, pelo menos 30 tiveram como causa o excesso de velocidade, disse Cláudio Langa, porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM).

A má travessia de peões originou cinco acidentes, numa semana em que a Polícia de Trânsito (PT) fiscalizou 43.104 veículos automóveis. Destas, 4.810 automobilistas foram autuados por alegado cometimento de diversas infracções que atentam contra o Código da Estrada.

Na mesma operação, as autoridades policiais confiscaram 125 livretes e 374 cartas de condução porque os seus titulares se faziam ao volante embriagados e deteve 12 indivíduos acusados de condução ilegal.

Cláudio Langa disse ainda, num briefing à imprensa, que de 29 de Julho a 04 de Agosto de 2016, foram registados 27 acidentes de viação, os quais deixaram 24 óbitos, 13 feridos graves e 16 ligeiros.

No que diz respeito à recuperação de bens roubado e armas em mãos alheia, a PRM confiscou 11 armas de fogo, sendo duas do tipo AK-47, seis pistolas, três caçadeiras, um mauser de fabrico caseiro.

De acordo com o porta-voz, a corporação apreendeu igualmente 66 munições, das quais 40 de uma AK-47, 10 de pistola e 16 de caçadeira.

Mauser é um tipo de espingarda de repetição de calibre 7,9 milímetro, fabricada por Paulo Mauser (1838-1914).



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2hQl0LL

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário