quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Odebrecht constrói segunda maior barragem do continente africano

Foto de Fim de SemanaUma das maiores barragens hidroeléctricas do continente africano, construída pela empreiteira Odebrecht, com um custo estimado em 4,3 biliões de dólares norte-americanos acaba de ser inaugurada, em Angola.

Pretende-se com este empreendimento, cuja usina está capacitada para produzir 2.070 megawatts de energia, reduzir os apagões naquele país, que é um dos grandes produtores de petróleo a nível mundial.

A barragem hidroléctrica de Laúca, no rio Kwanza, é a terceira barragem construída neste rio e deverá funcionar com toda a potência no próximo ano.

A energia vai ser gerada por seis turbinas com capacidade de 334 megawatts cada. A primeira e a segunda devem entrar em funcionamento em Julho do próximo ano.

Neste momento, estão concluídos os trabalhos de engenharia civil da primeira turbina e em paralelo decorre a montagem dos equipamentos electrónicos.

A albufeira, que representa o volume de água que a barragem tem a capacidade de reter, tem 188 quilómetros de extensão.

A barragem de Laúca, a maior obra de engenharia angolana e a segunda maior barragem no continente africano, é um exemplo de sucesso de cooperação de empresas dos países lusófonos.

Para a construção da infraestrutura, a Odebrecht subcontratou várias empresas de origem portuguesa e de outras nacionalidades.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2uLRSqh

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário