segunda-feira, 23 de julho de 2018

Polícia do Sudão encontra 80 menores que eram mantidos há meses em cativeiro

Aproximadamente 80 menores de idade que ficaram trancados em contêineres de mercadorias durante meses, onde eram submetidos a abusos por parte de um grupo de traficantes de pessoas, foram encontrados em um bairro periférico no leste de Cartum, a capital do Sudão.

Um responsável do Ministério de Bem-Estar Social do Sudão disse à agência Efe que os menores, cujas idades variam de 13 a 17 anos, foram encontrados na região do Nilo Ocidental, e foram submetidos a torturas, violência física e sexual durante o seu cativeiro, que foi de entre três e nove meses dependendo dos casos.

A fonte acrescentou que as forças de segurança encontraram os menores depois que receberam informações sobre o lugar onde estavam sendo retidos.

Por sua vez, o procurador de Segurança do Estado, Muatasim Abdalla, informou que os menores sofrem sequelas psicológicas e físicas após terem sido alvo de maus-tratos, torturas e cativeiro em contêineres durante tanto tempo, e que necessitam de assistência psicológica e social.

Os adolescentes foram transferidos para um centro de acolhimento em Cartum, enquanto a polícia está buscando os traficantes de pessoas que os sequestraram.

Em 8 de maio, as autoridades sudanesas detiveram um grupo de traficantes de pessoas no estado de Qadarif, no leste do país, perto da fronteira com a Etiópia, e libertaram 231 pessoas que estavam nas mãos dos criminosos.

O Sudão é um país de origem e também de passagem na rota tradicional dos traficantes, que levam os imigrantes de outros países africanos, como a Eritreia, até os Estados litorâneos, como a Líbia em primeiro lugar, de onde tentam cruzar o Mar Mediterrâneo rumo à Europa.



via @Verdade - Últimas https://ift.tt/2uYhEtp

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário