segunda-feira, 26 de junho de 2017

Homem mata esposa à facada em Maputo e alega que escapou de envenenamento

Um homem de 43 anos de idade tirou a vida da sua mulher, de 39 anos, após uma discussão, na semana finda, no bairro da Polana-Caniço, na capital moçambicana, supostamente porque a malograda tentou envenená-lo.

Trata-se de Moisés Cossa e o crime aconteceu na noite da passada quinta-feira (12), na casa onde o casal residia, no quarteirão 53.

Até ao fecho desta edição, o presumível homicida estava limitado às paredes das celas da 12a esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM).

A vítima não resistiu a duros golpes com recurso à faca no pescoço. O indiciado alega que a malograda serviu-lhe uma refeição envenenada, supostamente porque pretendia intoxicá-lo.

Dada a gravidade das perfurações e pela forma bárbara como o acto foi cometido, os vizinhos, que viram o corpo da finada estatelado no chão, consideraram que Moisés tinha clara intenção de acabar com a vida da sua esposa.

“Ele disse que desferiu um golpe de faca no pescoço da mulher mas foram vários golpes, o que mostra que ele tinha mesmo intenção de matar a senhora. Depois de matar a mulher trancou a porta de casa e foi necessário arrombá-la para vermos o que se passava lá dentro”, disse uma mulher próxima da malograda.

Em própria defesa, o incriminado disse que não pretendia matar a mulher e não sabe como é que aplicou vários golpes no corpo da sua consorte.

“Eu consumi uma refeição que ela preparou e comecei a ter tonturas. Não percebia porquê”, contou Moisés.

Desconfiado, ele pediu para a mulher também comer, para que ele tivesse a certeza de que nada estranho foi colocado na comida. Mas a esposa negou, o que gerou uma confusão que terminou em tragédia.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2rWktZl

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário