segunda-feira, 26 de junho de 2017

MITESS distingue 66 funcionários

Por ocasião do dia da Função Pública, celebrado sob o lema “Criando uma cultura de prestação de serviços centrada no cidadão: Uma parceria com a juventude para a transformação de África”, o Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social (MITESS) distinguiu, sexta-feira, 23 de Junho, em Maputo, um total de 66 funcionários, que se destacaram no desempenho das suas funções.

Foto de Fim de SemanaDo universo dos distinguidos, 12 tiveram a classificação de “excelente”, 47 “muito bom” e sete funcionários em idade de reforma, pelo reconhecimento do seu contributo no desenvolvimento da instituição. Na ocasião, a ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Diogo, referiu que os funcionários premiados legitimam a função dos servidores públicos, prestando um serviço com mais-valia, diferente e inovador.

Numa clara alusão aos funcionários reformados, Vitória Diogo disse que tiveram um percurso brilhante, tendo deixado um legado na instituição, passando para a reforma com folhas limpas.

“Deixaram espaço para que outros continuem. Cumpriram 35 anos de serviço, treinaram os colegas e passaram o testemunho e o legado”, frisou a governante.

Em 2016, segundo acrescentou a ministra, foi cumprido o Plano Económico Social, devido à dedicação e o papel desempenhado por cada funcionário do pelouro do Trabalho, Emprego e Segurança Social, apesar de ter sido um ano atípico, caracterizado por muitas carências.

“Este ano já estamos a cumprir o Plano Económico Social e isso exige ainda de cada um de nós mais esforço, pois temos que assegurar que o nosso país continue a avançar rumo ao desenvolvimento”, sublinhou.

Importa referir que os 66 colaboradores distinguidos fazem parte do MITESS e instituições subordinadas e tuteladas, nomeadamente o INSS-Instituto Nacional de Segurança Social, INEP–Instituto Nacional de Emprego, CCT-Comissão Consultiva do Trabalho, COMAL-Comissão de Mediação e Arbitragem Laboral, IGT-Inspecção Geral do Trabalho e o IFPELAC-Instituto de Formação Profissional e Estudos Laborais “Alberto Cassimo”.

Entretanto, ainda no mesmo dia, o Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social recebeu da OIT-Organização Internacional do Trabalho equipamento informático no âmbito do programa “Mais e Melhor Emprego”, que visa a operacionalização do Portal de Emprego.

A doação destina-se ao Instituto Nacional de Emprego, entidade criada recentemente pelo Governo moçambicano, com a responsabilidade de implementar a política de emprego aprovada em Setembro do ano passado, através do desenvolvimento de acções de promoção de medidas activas de emprego e provisão dos serviços gratuitos de emprego.

Com o novo equipamento de informática, o Ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social espera melhorar e expandir os serviços, aumentando a eficiência e eficácia dos Centros de Emprego.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2ubukep

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário