domingo, 21 de maio de 2017

Assaltantes a acampamento de chineses detido em Pemba

Seis indivíduos encontram-se a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) em Pemba, na província de Cabo Delgado, acusados de assalto ao acampamento de uma empresa chinesa, onde feriram com gravidade dois guardas com recurso a catanas.

O grupo era composto por 15 indivíduos, nove dos quais estão ainda a monte. Nas suas incursões, todos eles actuavam com facas, catanas e outros instrumentos contundentes e criavam terror em vários bairros da cidade de Pemba.

Em conexão com caso, a Polícia deteve também um dos vigilantes da mesma firma por ter fornecido informações sobre as vítimas aos supostos banidos.

Em declarações à imprensa e à corporação, o aguarda ora enclausurado contou que dias antes do assalto os ladrões procuraram saber dele quantos chineses se encontravam no acampamento, tendo respondido que eram quatro.

A conversa foi mantida há sensivelmente um mês, mas ele não sabia que as perguntas visam a busca de elementos para melhor traçar e concretizar o assalto.

No local do crime, os visados recorreram à violência para se apoderaram de 550 mil meticais, seis mil dólares norte-americanos, 13 telemóveis e cinco computadores portáteis, disse Malva Brito, porta-voz da PRM em Pemba.

Destes bens, apenas uma parte do valor, dois computadores portáteis e três telemóveis foram recuperados.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2rJbLx5

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário