domingo, 21 de maio de 2017

Contabilidade e Auditoria: Comportamento antiético leva a condutas imorais e ao exercício ...

Fim de SemanaOs estudantes de Contabilidade e Auditoria devem conhecer o código de ética que rege a profissão a fim de serem bem-sucedidos no mercado de trabalho, segundo defendeu o director executivo do Instituto de Directores de Moçambique (IODmz).

David Seie, que falava na quinta-feira, 18 de Maio, em Maputo, numa palestra subordinada ao tema “Código de Ética dos Profissionais de Contabilidade e Auditoria”, que teve lugar no Instituto Superior de Gestão, Administração e Educação (ISG), referiu que a ausência ou a não aplicação do código de ética, por parte dos profissionais de Contabilidade e Auditoria, pode comprometer a qualidade do seu trabalho e distorcer os resultados efetivos das operações empresarial.

“A ética é um elemento determinante na liderança e no sucesso de negócios. Onde reina cultura ética, há segurança do retorno ao investimento em benefício do investidor, de outros stakeholders e da economia nacional. O comportamento antiético é sobre a conduta imoral e contribui para governação danosa, para o exercício deficiente da profissão, e por conseguinte, para a perpetração de irregularidades e escândalos financeiros, comprometendo o alcance dos objetivos estratégicos do negócio, o crescimento económico do país e o bem-estar social.”, defendeu o director executivo do IODmz.

Com esta palestra, acrescentou David Seie, “pretendemos que os estudantes pautem por uma conduta e comportamento éticos. Eles devem ter a noção básica e o conhecimento do conceito central da ética, e como ela funciona na interacção humana e empresarial. Assim, eles poderão facilmente entender os princípios, os valores e padrões universais do código da ética para os profissionais de Contabilidade e Auditoria".

Por seu turno, Joel das Neves, director-geral do ISG, explicou que a escolha deste tema surgiu da necessidade de se incutir nos estudantes a importância dos valores éticos e deontológicos no exercício de qualquer profissão.

“A área de contabilidade e auditoria exige uma maior observância e um compromisso sério com as questões éticas, deontológicas e de transparência. Por isso achámos importante e oportuno convidar o Instituto de Directores de Moçambique e a Ordem dos Contabilistas e Auditores de Moçambique para que os estudantes se familiarizem com o que o mercado espera deles”, explicou Joel das Neves.

Importa realçar que esta palestra foi organizada pelo Instituto Superior de Gestão, Administração e Educação em parceria com a Ordem dos Contabilistas e Auditores de Moçambique e o Instituto de Directores de Moçambique.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2rJf6My

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário