terça-feira, 8 de agosto de 2017

Dois soldados e 13 supostos terroristas mortos na Nigéria

O Exército nigeriano confirmou, segunda-feira, que dois homens seus em serviço no nordeste do país morreram, quando o seu carro acionou um engenho explosivo improvisado, após a morte de 13 presumíveis terroristas da seita Boko Haram em confrontos.

O porta-voz do Exército nigeriano, brigadeiro Sani Kukasheka Usman, indicou num comunicado que quatro outros soldados ficaram feridos a diversos graus.

Os soldados mortos caíram numa emboscada de supostos terroristas da Boko Haram no cruzamento Miyanti-Banki onde « neutralizaram » 12 deles apreenderam diversos objetos pertencentes aos supostos terroristas.

No fim de semana passado, soldados em patrulha frustraram igualmente uma emboscada da Boko Haram na estrada entre Dukje e Mada, perto da aldeia de Gulumba Gaba, e "neutralizaram alguns terroristas e confiscaram as suas armas", segundo a mesma fonte.

“Infelizmente, dois soldados morreram quando o seu veículo passou por um engenho explosivo improvisado escondido na estrada, enquanto quatro outros ficaram feridos », precisou.

O brigadeiro Usman indicou que, no mesmo dia, elementos das Forças Armadas recuperaram nove cilindros guardados numa fábrica de engenhos explosivos improvisados na região. Eles destruíram a fábrica bem como o material encontrado no local.

No domingo passado, os soldados montaram igualmente uma emboscada contra presumíveis terroristas da Boko Haram, em Kafin Hausa, na localidade de Madagali, no Estado de Adamawa, onde neutralizaram um deles e recuperaram uma arma automática AK-47, acrescentou.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2wpmobE

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário