segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

centro de documentação e informação desportiva de moçambique: Gaberone United, 2 - Liga Muçulmana, 2: Empate com sabor de vitória

centro de documentação e informação desportiva de moçambique
centro de documentação e informação desportiva de moçambique - SAPO Blogs
Gaberone United, 2 - Liga Muçulmana, 2: Empate com sabor de vitória
Feb 18th 2013, 08:38




UM arranque surpreendente e posterior tiro de canhão do malawiano Zicco, aos dois minutos, colocou a Liga Muçulmana muito cedo em vantagem sobre o Gaberone United, sábado, no Botswana University Stadium, em jogo a contar para a primeira "mão"da pré-eliminatória da Taça CAF.

 

O momento em que o tento aconteceu deixou o adversário desequilibrado, abrindo espaço para que a Liga Muçulmana jogasse com alguma tranquilidade. Porém, a estratégia montada por Litos não permitiu tantas manobras ofensivas pois, temendo surpresas perante um ilustre desconhecido, a Liga Muçulmana jogou muito encostado à sua zona a espera de alguns deslizes para arrancar em contra-ataque. Apenas Zicco estava mais adiantado no terreno, enquanto Reginaldo, que normalmente assume missões ofensivas, actuava um pouco mais encostado para a esquerda do meio-campo, e Josimar à direita.

 

 

Como havia anunciado nas vésperas do encontro, o técnico português Litos assumiu um jogo defensivo (5x4x1) e, pela pressão exercida pelo adversário, manteve este esquema permanente até ao segundo período. Aliás, uma pequena mudança de estratégia, foi o recuo de Zicco para a zona intermediária, na perspectiva de fechar cada vez as linhas de passe do adversário a partir do miolo. Reginaldo passou a jogar mais adiantado, mas sozinho nada podia fazer perante a defensiva contrária. A sua capacidade técnica permitiu, porém, alguma retenção e troca de bola a partir do meio-campo, mas sem espaço suficiente de fuga para a romper o reduto mais recuado dos tswanas, porque estava desapoiado.

 

A Liga actuava com cinco homens no meio-campo, sendo que o "trinco" Momed Hagy jogava mais recuado à defesa, enquanto Liberty e o malawiano Josephy estavam mais posicionados no interior. Por seu turno, Josimar e Reginaldo encostados à direita e esquerda, respectivamente.

 

 

As dificuldades de fazer um jogo aberto eram ressentidas parte a parte. Com o seu futebol directo e largo, o Gaberone United procurou colocar as bolas nos seus homens de ataque, com alguns flanqueamentos e passes a partir do corredor central, mas a defensiva moçambicana esteve muito bem atenta. 

 

 

Porém, porque quem arrisca a defender sofre mais ataque, o Gaberone United aproveitou alguns ressaltos e sobras próximo da grande área. Na primeira ocasião, o meio-campoista Jackie Mothatego atirou com muito perigo, tendo o esférico saído pouco ao lado. Passavam 26 minutos. De seguida, Aguiar foi forcado a cometer falta na tentativa de alívio, mas Jackie não aproveitou a oportunidade atirando sobre a barreira.

 

 

Na luta e de chegar rapidamente ao empate, o Gaberone United foi persistente, mas encontrava pronta resposta da defensiva moçambicana. Um lançamento longo, executado próximo da linha de fundo, permitiu que o artilheiro Makundika Sakala desviasse frouxo à figura de Simplex, aos 32 minutos. Sete minutos depois, foi o seu companheiro de ataque, Moemedi Moatlhaping que aproveitou outra sobra, mas o tiro foi directo às mãos do "keeper malawiano".

 

 

Perante esta insistência, a Liga concentrou-se no meio-campo tentando sair em contra-ataque. E nessa forma de estar foi conseguindo algumas saídas. Josimar, após uma triangulação pela direita, centrou para Josephy cabecear à figura do guarda-redes Noah Maposa, já na ponta final da primeira parte.

 

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

You are receiving this email because you subscribed to this feed at blogtrottr.com.

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe from this feed, or manage all your subscriptions

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário