segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

centro de documentação e informação desportiva de moçambique: Mudança de estratégia e persistência dos tswanas

centro de documentação e informação desportiva de moçambique
centro de documentação e informação desportiva de moçambique - SAPO Blogs
Mudança de estratégia e persistência dos tswanas
Feb 18th 2013, 09:09

Litos, que defendia com dois centrais de marcação, achou por bem redobrar a defesa logo à entrada para a segunda parte. O "central" Chico entrou no lugar do pouco produtivo Liberty e juntou a Aguiar e Zainadine Júnior, facto que deixou clara a intenção de defender o resultado. Mas era muito cedo. Por razões que só Litos sabe, Zicco, um elemento muito importante na manobra ofensiva da Liga, foi substituído pelo também meio-campoista Muandro. A Liga tinha cinco homens a defender e Reginaldo continuou a "vagabundear" sozinho perante a muralha defensiva tswana.

 

O Gaberone United desdobrou-se e prosseguiu com bombardeamentos à área, tentando surpreender o adversário nos ressaltos. Insistiu, sobretudo pela direita, onde surgiam alguns cruzamentos perigosos. Foi nessas circunstâncias que Moemede Moatlhaping apanhou de surpresa Simplex que, um pouco adiantado nos postes, só viu a bola a mexer as malhas. Um forte desvio de cabeça do ponta-de-lanca tswana fixava o resultado em 1-1, aos 63 minutos.  

 

 

Sem perder a cabeça, a Liga continuou a fazer o seu jogo de paciência, recuando sempre que o Gaberone United tivesse a posse de bola. Muito pouco fez circular a bola e mostrou o seu futebol habitual, porque temia represálias em casos de perda de bola. E porque a sorte estava do seu lado, eis que Reginaldo à entrada do meio-campo adversário.

 

 

Zainadine Júnior cobrou o livre com muita forca, tendo o esférico embatido na barreira e caído nos pés de Josimar que, na pequena área, atirou a matar para 2-1, aos 65 minutos. Balde de água fria para os tswanas, que acabavam de festejar o golo de empate. Litos fez mais uma mexida na equipa, metendo o ponta-de-lança Hélder Pelembe para apoiar Reginaldo. Contudo, a Liga continuou a fechar-se e, por isso, que a presença de Hélder Pelembe foi menos notória.

 

 

Atingiu-se os 90 minutos regulamentares e tudo indicava para a vitória da Liga. Mas porque quem defende arrisca-se a ser atacado, eis que os quatros minutos de compensação tornaram-se críticos para a Liga, muito encurralado no seu terreno. O Gaberone United pressionou à zona e, na sequência de uma jogada de insistência, surge um para área onde surge Pako Moloi a atirar para defesa incompleta de Simplex e recarga de cabeça de Stephen Maposa, para o 2-2, aos 92 minutos.Com este resultado terminou a partida, bem dirigida pelo quarteto de arbitragem malawiano.  

 

 

FICHA TÉCNICA


COMISSÁRIO DA CAF: Chayu Kabalamula, da Zâmbia.

 

 

ÁRBITRO: Clemence Kanduku, auxiliado por Dennis Nguluwe e Duncan Lengani. O quarto árbitro foi Jonh Ngolanga.

 

GABERONE UNITED – Noah Maposa; Tebogo Sosome, Gaopatwe Seosinyeng, Letsweletse Seane e Kaelo Kgaswane; Mandla Mgadla (Tebogo Sembona), Jackie Mothatego (Stephen Maposa), Alphonse Modisaotsile e Ronald Chikomo; Makundika Sakala (Pako Moloi) e Moemede Moatlhaping.

 

LIGA MUÇULMANA – Simplex; Cantonà, Aguiar, Zainadine Júnior e Miro; Josemar (Hélder Pelembe), Momed Hagy, Liberty (Chico), Josephy e Reginaldo;  Zicco (Muandro).

 

DISCIPLINA: amarelo para Gaopatwe Seosinyeng

 

 

 

 

 

Fonte:Jornal Noticias

You are receiving this email because you subscribed to this feed at blogtrottr.com.

If you no longer wish to receive these emails, you can unsubscribe from this feed, or manage all your subscriptions

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário