segunda-feira, 31 de julho de 2017

Vettel vence na Hungria, e Hamilton mantém a palavra

Sebastian Vettel venceu um tenso Grande Prémio da Hungria de Fórmula 1, neste domingo, numa dobradinha da Ferrari que ampliou a sua liderança no campeonato para 14 pontos, depois que o seu rival da Mercedes Lewis Hamilton abriu mão do terceiro lugar em benefício do companheiro de equipe Valtteri Bottas.

Saboreando a sua quarta vitória da temporada e 46º da sua carreira na Fórmula 1, o piloto alemão recebeu a bandeira quadiculada 0,9 segundo à frente do colega de escuderia Kimi Raikkonen.

O finlandês parecia mais rápido do que Vettel durante a maior parte da tarde, mas não chegou a ultrapassá-lo.

"Eu estou felicíssimo, essa foi uma corrida muito difícil", disse o vencedor, que teve que lutar com um problema no volante em uma tarde de calor sufocante em Hungaroring.

Hamilton terminou em quarto lugar depois de desacelerar na última volta e permitir que Bottas ultrapassasse, apesar da perda de pontos vitais para o britânico no campeonato.

Bottas havia deixado Hamilton ultrapassar na 45ª das 70 voltas, com a garantia de que o seu companheiro de equipe devolveria o lugar se ele não conseguisse superar os adversários da Ferrari, e o tricampeão manteve a palavra.

"Realmente estou grato a Lewis por manter a promessa no final e me deixar passar", disse Bottas. "Eu acho que nem todo companheiro de equipe teria destroçado".

Hamilton, cujo rádio teve problemas durante parte da corrida e que teria tido mais chances contra os pilotos da Ferrari se tivesse ultrapassado Bottas mais cedo, disse que fez o que tinha de fazer.

"É difícil no campeonato, mas sou um homem de palavra", disse sobre a troca com Bottas. "Eu realmente disse que, se não conseguisse ultrapassá-los, eu o deixaria voltar."

Num circuito onde o ultrapassagem é notoriamente difícil, os cinco primeiros terminaram na colocação inicial, com Max Verstappen em quinto para Red Bull.

Fernando Alonso, que comemorou seu 36º aniversário no sábado, deu à McLaren o seu melhor resultado na temporada até o momento, ocupando o sexto lugar e conseguindo a volta mais rápida da corrida.

A Hungria foi a última corrida antes do intervalo de Agosto, restando nove das 21 jornadas.



via @Verdade - Últimas http://ift.tt/2tVTx10

Related Posts by Categories



0 comments:

Enviar um comentário